Os melhores mitos sobre o comportamento dos cães

Há uma série de mitos sobre o comportamento dos cães, abaixo alguns que eu considero os melhores:

  1. Se você deixar os cães passarem pela porta na sua frente, estará deixando ele ser dominante.

- Sério? Você que controla a comida, passeios, ida ao veterinário, banho e quando ele vai interagir com você.  Acha que o fato do cão passar  na frente pela porta irá tornar ele dominante? Se isso fosse verdade os cães guias seriam os mais terríveis do mundo.

  1. Os cães têm um desejo inato de agradar.

- Concordo que eles são excepcionais e que alegram nossas vidas. Mas achar que eles surgiram para nos agradar é ir contra a origem dos cães e achar que somos muito mais importante do que realmente somos, os cães originam do lobo e até fiz um vídeo que fala sobre a teoria mais aceita dessa origem. Na verdade, os cães são animais sociais e que com sua domesticação tiveram a janela de socialização prolongada e perceberam que era vantajoso ficar próximo desses seres malucos que somos nós.

3.  Recompensas seu cachorro é suborno, então não se deve recompensar o animal.

-  O condicionamento operante é uma das bases do adestramento, e nele é encontrado um quadro que tem o Reforço Positivo, Reforço Negativo, Punição Positiva e Punição Negativa. Reforço é tudo aquilo que eu quero aumentar e punição é tudo aquilo que quero diminuir, positivo é quando eu adiciono algo e negativo quando eu retiro algo. No meu caso eu utilizo o reforço positivo – quando o animal faz o que eu quero ele recebe o que ele quer e a punição negativa – quando o animal não faz o que eu quero ele não recebe o que ele quer. Recompensa pode ser carinho, passeio, brinquedo, comida e etc. Pronto já sabe como o treino positivo funciona, mas porque que entregar uma recompensa não é um suborno?

1 - Porque o comportamento vem antes da recompensa

2 – Porque não recompensar se o animal está fazendo o que eu quero?

  1. Temos que punir os cães por rosnar, porque se não irão se tornar agressivos.

- Os cães tem sinais apaziguadores que demonstram que não estão confortáveis com o que está sendo feito e quando o cão começa a rosnar ele já demonstrou vários desses sinais. Agradeça por seu cão rosnar, pois isso pode te livrar de uma mordida, seria o mesmo que a pessoa falar, sai se não vou te bater. Agora se você punir um cão por rosnar agora você pode ter um cachorro que ao invés de rosnar ele morde, porque sabe que com você isso não adianta.

  1. Brincar de cabo de guerra deixa o cão agressivo.

O jogo de cabo de guerra é uma excelente brincadeira desde que tenha regras e que o cão aprenda a jogar. Com as regras o cão aprende o solta, aprende a só pegar o brinquedo quando autorizado e também você terá a chance de testar a obediência do seu cão com um nível de excitação alto. É importante também deixar ele ganhar, pois se não o jogo passa a não ser muito interessante para ele. Falar que essa brincadeira cria agressividade no cão é o mesmo que falar que praticar arte marcial deixam as pessoas violentas e não deixar o cão ganhar e querer que ele brinque é você jogar um jogo que você sempre perde, com certeza não irá gostar.

  1. Eu tenho que ser o líder do meu cão.

Primeiro o que é ser líder para você? Se é o líder do livro "O MONGE E O EXECUTIVO", ok, concordo, porque para mim o líder é aquele que supre as necessidades dos seus liderados, se coloca na situação do outro e que não precisa ter poder para exercer sua liderança. Agora se para você ser líder é querer que os outros façam as coisas que você manda, bom ai eu não concordo. Vamos pensar nos cães que acompanham os andarilhos, eles não são obrigados a estar ali, eles permanecem ao lado do “amigo” porque querem estar. No livro do John Grogan – “MARLEY E EU” ele escreve uma frase que para mim mostra a simplicidade dos cães, Um cão não precisa de carros modernos, palacetes ou roupas de grife. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira encontrado na praia serve. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Um cão não se importa se você é rico ou pobre, educado ou analfabeto, inteligente ou burro. Se você lhe der seu coração, ele lhe dará o dele. ” 

  1. Sobre a questão de dominância tem várias: Se o cachorro comer antes de você ele será dominante, se deixar subir na cama, sofá será dominante, se olhar para seus olhos ele está sendo dominante e etc. Cada dia eu vejo uma nova.

- Mas afinal o que é dominância? Existe a dominância? Sim existe, mas não existe um animal dominante, por exemplo um animal pode ser dominante com a comida, mas submisso com seus brinquedos. Uma pessoa pode ser dominante (Possessivo) quando o assunto é a sua cadeira, mas não importa que uma pessoa de fora escolha o canal da televisão.

O que é o Alpha que várias pessoas falam, ”você tem que ser o alpha”.

Sempre fui apaixonado por cães e sempre convivi com eles, mas só fui aprender sobre o  universo  canino depois que comecei a estudar para me tornar um adestrador. Em um dos livros que li “THE CULTURE CLASH” traduzido para o português como “O CHOQUE DE CULTURAS” me deparei com uma frase que acredito traduzir muito sobre o nosso conhecimento sobre os cães ela é mais ou menos assim “se o conhecimento das pessoas sobre conduzir os carros, fosse o mesmo que elas detêm sobre os cães, elas pegariam um carro entrariam dentro de um lago e depois processariam a empresa porque o carro não flutuou” é triste, mas é verdade. Procure adestradores positivos e com isso tenho certeza que o relacionamento com o seu cão irá melhorar muito. Qualquer dúvida envie um e-mail para contato@leaupet.com.br ou (031)8573-2898.

No Comments Yet.

Leave a comment